Rebelião em presídio do Rio Grande do Sul deixa um morto

Detentos se revoltaram por causa de uma ordem de disciplina imposta no Presídio Estadual de Três Passos.

Luciano Nagel , 

Especial para O Estado

01 Março 2017 | 15h31

 

PORTO ALEGRE - Um detento morreu durante uma rebelião ocorrida no início da tarde dessa terça-feira, 28, no Presídio Estadual de Três Passos, na região noroeste do Rio Grande do Sul. A identidade da vítima não foi revelada. As causas da morte estão sendo apuradas. 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, os detentos se revoltaram por causa de uma ordem de disciplina imposta dentro da casa prisional e não aprovada pelos presidiários. Os presos atearam fogos a colchões e quebraram os portões de acesso ao pátio. Eles exigiam a presença da juíza da Vara de Execuções Criminais.

Agentes do Pelotão de Operações Especiais da Brigada Militar tiveram que disparar balas de borracha e bombas de efeito moral no pátio da casa prisional para controlar a situação. A rebelião dos detentos durou cerca de cinco horas. 

Na manhã desta quarta-feira, 1º, a Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) transferiu 15 presos para outras penitenciárias da região noroeste do Estado. O Presídio Estadual de Três Passos tem população carcerária de 248 detentos que cumprem pena no regime fechado e semiaberto.

 

http://brasil.estadao.com.br/noticias/geral,rebeliao-em-presidio-do-rio-grande-do-sul-deixa-um-morto,70001683127