Doria congela R$ 2,6 bilhões da saúde e educação

Gestão Doria afirmou que o contingenciamento foi necessário por causa de "falhas" deixadas no Orçamento elaborado pela gestão Fernando Haddad.

Por: Exame.com 1 de Fev de 2017.

A gestão João Doria (PSDB) dobrou o porcentual de recursos congelados para custeio da Educação neste ano, atingindo R$ 1,28 bilhão, e multiplicou por quatro o contingenciamento do custeio da área da Saúde, chegando a R$ 1,38 bilhão. A decisão foi publicada em decreto no Diário Oficial da Cidade.

Em 2016, 11% dos recursos da Educação haviam sido congelados. Neste ano, foram 28,5%. Já na Saúde, neste ano foram suspensos 20,7% dos gastos, ante 4,85% em 2016.

Por meio de nota, a administração Doria afirmou que o contingenciamento foi necessário por causa de “falhas” deixadas no Orçamento elaborado pela gestão Fernando Haddad (PT) e foi feito para conseguir um “congelamento linear” (em todas as secretarias) de 25%.

Os valores congelados são das dotações que incluem compra de material e outras despesas, como a operação das escolas e o pagamento da rede conveniada, mas sem contar gastos com pessoal e investimentos. 

Para acessar a matéria completa acesse: http://exame.abril.com.br/brasil/doria-congela-r-26-bilhoes-da-saude-e-educacao/